27/08/2013

Acorda Brasil, não é assim que vamos mudar a situação...


https://fbcdn-sphotos-g-a.akamaihd.net/hphotos-ak-prn1/562316_158175351044304_835321286_n.png
Não poderia deixar de tocar neste assunto: estou profundamente triste e envergonhado com a atitude do grupo de médicos brasileiros que hostilizou um grupo de médicos cubanos vindos para ajudar o nosso povo nas cidades do interior.

É vergonhosa e repugnante tal reação: os médicos cubanos chegaram animados e quando estavam saindo de uma escola em Fortaleza, onde assistiram o primeiro dia de curso para se capacitarem, ficaram 40 minutos acuados dentro do prédio porque do lado de fora havia um grupo daqueles que deveriam ser seus colegas e tratá-los com respeito mas estavam esperando lá para humilhá-los. Sem alternativa saíram sob vaias e gritos ofensivos.

O episódio é lamentável e envergonha toda uma nação e nos lembra um outro ocorrido, há 60 anos quando pessoas eram humilhadas por serem supostamente diferentes. O tempo ensina e espero que ensine aos protagonistas desse assombroso momento que os médicos estrangeiros NÃO são diferentes deles, tampouco inimigos pois tem algo muito importante em comum: salvar vidas!
Não é hostilizando seres humanos que seus gritos e reivindicações serão ouvidas, pelo contrário, causarão repúdio do nosso povo!

Via: Dilma Bolada
Postar um comentário